Internet 5G

As redes móveis de 5ª geração ou os sistemas sem fio de 5ª geração, a qual iremos chamar de Internet 5G, são as próximas normas de telecomunicações propostas para além dos atuais padrões 3G e 4G. Embora aqui no Brasil ainda seja difícil para muitos ter acesso a tecnologia 4G.

Todo mundo adora internet rápida, então não é nenhuma surpresa que cada grande telecom no mundo está trabalhando para torná-la ainda mais rápida e é claro cobrar mais por isso. Smartphones, relógios, casas e carros estão cada vez mais exigindo ligações estáveis ​​à Internet e o 4G não será suficiente, vamos precisar de uma forma inteiramente nova de sinal sem fio é aí que o 5G entra.

Dispositivos 5G

Semelhante ao 4G e 3G antes dele, 5G é uma conexão sem fio construída especificamente para acompanhar a proliferação de dispositivos que precisam de uma conexão de internet móvel. Não é apenas seu telefone e seu computador, mais qualquer um (cuidado para não confundir com tecnologia Ipv6). Eletrodomésticos, fechaduras, câmeras de segurança, carros, coleiras de cães e tantos outros dispositivos inertes estão começando a se conectar à web graças a Internet das Coisas. Existe uma previsão de que 20,8 bilhões de dispositivos estarão conectados à Internet até 2020. Por comparação, atualmente há cerca de 6,5 bilhões de dispositivos conectados no mundo. Isso é muito mais dispositivos pedindo uma conexão rápida.

internet 5g

O que é Internet 5G

A tecnologia de telefone sem fio tecnicamente começou com 1G no início dos anos 90, e expandiu para 2G quando as empresas começaram a permitir que as pessoas enviassem mensagens de texto entre dois dispositivos celulares. O conceito de Internet móvel surgiu antes mesmo do 3G, quando se utilizava GPRS, WAP e finalmente os “Dados”, mas tudo isso era bastante caro.

Eventualmente, o mundo mudou-se para 3G, que deu às pessoas a capacidade de fazer chamadas telefônicas, enviar mensagens de texto e navegar na internet de forma semelhante a que fazemos em casa, mas com um certo limite. 4G realçou muitos dos recursos que foram possíveis com a terceira geração de wireless. As pessoas podem navegar na Web, enviar mensagens de texto e fazer chamadas telefônicas e elas podem até baixar e fazer upload de arquivos de vídeo gigantes sem problemas.

Em seguida, as empresas adicionaram LTE, abreviação de “evolução de longo prazo”, para conectividade 4G. A LTE se tornou a variedade mais rápida e consistente de 4G em comparação com tecnologias concorrentes como o WiMax. A diferença entre WiMax e LTE é semelhante à diferença entre Blu-Ray e DVDs. Ambas as tecnologias alcançaram resultados semelhantes, mas foi importante criar um padrão para todos usarem. A LTE fez exatamente isso, e tornou a tecnologia 4G ainda mais rápida.

5G irá se consolidar da tecnologia proveniente da 4G LTE. Vai permitir que as pessoas enviem textos, efetuem chamadas e naveguem na web como sempre e aumentará drasticamente a velocidade com que os dados serão transferidos pela rede. 5G tornará mais fácil para as pessoas baixar e fazer upload de vídeos Ultra HD e 3D, isso irá muito além da conexão através da linha telefônica que utilizamos em casa. Ela também abrirá espaço para os milhares de dispositivos conectados à Internet que entram no nosso mundo cotidiano. Basta imaginar a atualização de sua conexão de dados de uma mangueira de jardim para uma mangueira de incêndio. A diferença será absurdamente notável.

Internet 4G vs 5G

Não dá nem pra comparar as velocidades. Atualmente, as velocidades de transferência 4G LTE atingem cerca de 1GBit por segundo. Isso significa que leva cerca de uma hora para fazer o download de um pequeno filme em HD em condições perfeitas e sua franquia de dados vai pro espaço. O problema é que as pessoas raramente experimentam a velocidade máxima de velocidade de download do 4G porque o sinal pode ser interrompido por tantas coisas diferentes como: prédios, microondas, outros sinais wifi.

5G irá aumentar a velocidade de download em até 10 vezes. Isso significa que um filme Full HD pode ser baixado em questão de segundos. Também irá reduzir significativamente a latência (dando às pessoas tempos de carregamento mais rápidos). Em suma, ele vai dar banda larga sem fio a capacidade que ele precisa para alimentar milhares de dispositivos conectados que irão atingir nossas casas e locais de trabalho. Mas lembre-se, quando a novidade chegar no Brasil, o preço será exorbitante.

Como funciona Internet 5G

Já existem grandes consórcios de grandes empresas globais trabalhando para criar padrões mundiais em torno do 5G. Embora a maioria desses padrões não tenham sido solidificados, os especialistas esperam que ele seja compatível com versões anteriores (com 4G e 3G), além de ter alguma interoperabilidade em todo o mundo.

Em sua forma mais básica, os telefones celulares são basicamente rádios bidirecionais. Quando liga para alguém, o telefone converte a sua voz num sinal eléctrico. Ele transmite esse sinal elétrico para a torre celular mais próxima usando ondas de rádio. A torre captura a onda de rádio através de uma rede de torres e, eventualmente, para o telefone do seu amigo. A mesma coisa está acontecendo quando você envia outras formas de dados (como fotos e vídeo) em toda a rede.

Normalmente, quando uma nova tecnologia sem fio móvel vem junto (como 5G), é atribuído uma maior freqüência de rádio. Por exemplo, 4G ocupa as faixas de freqüência até 20 MHz. No caso de 5G, ela provavelmente vai sentar na banda de freqüência até 6GHz. A razão pela qual as novas tecnologias sem fio ocupam frequências mais altas é porque elas normalmente não estão em uso e movem informações a uma velocidade muito mais rápida. O problema é que os sinais de freqüência mais alta não viajam até frequências mais baixas, então múltiplas antenas de entrada e saída provavelmente serão usadas para impulsionar sinais em qualquer lugar que seja oferecido 5G. Não temos precisão de quando a novidade estará disponível no Brasil, mas podemos esperar algo nos próximos 4-5 anos.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply