Projeto do Facebook planeja distribuir Internet para todo mundo literalmente

A ideia de desenvolver enormes aviões não tripulados vem do Laboratório de Conectividade do Facebook, criado pelo fundador da empresa, Mark Zuckerberg. O objetivo é fazer com que a internet seja disponibilizada para dois terços da população mundial que atualmente não pode ficar on-line, seria um projeto voltado para distribuir Internet para todo mundo. Eles dizem que a expansão do acesso à Internet criaria mais 140 milhões de empregos, que ela pode ajudar a tirar 160 milhões de pessoas da pobreza e reduzir a mortalidade infantil. O diretor de engenharia do laboratório, Yael Maguire, foi quem revelou o plano “drone” no Social Good Summit de 2014, em Nova York. Ele não chegou a usar a palavra “drone”, mas disse que “aviões não tripulados com aproximadamente o tamanho de um avião comercial, como um 747” serviriam como grandes centros de conectividade e um dia poderiam ficar no ar por meses, até mesmo anos.
Internet pra todo mundo
Maguire explicou: “Para podermos fazer voar estes aviões, nós realmente temos que voar acima do tempo, acima de todo o espaço aéreo. Isso é entre 60.000 e 90.000 pés. Rotineiramente, os aviões não voam lá, e certamente drones também não”.

Ele disse que o avião será muito mais leve, acrescentando que um dos modelos que está sendo trabalhado pelo Laboratório de Conectividade é o comprimento de “cerca de seis ou sete Prius, mas é o peso de quatro dos pneus de um Prius”.

Para fornecer continuamente cobertura wi-fi, os aviões serão alimentados pelo sol. Maguire acrescentou que a aeronave poderia ser testada nos EUA no início do próximo ano, embora as regras rígidas em torno de aeronave não tripulada possam desacelerar esse processo. Facebook não é a única empresa de tecnologia explorando o uso de drones.

Google é conhecido por estar construindo e testando veículos aéreos autônomos para usar para as entregas de bens em seu centro de desenvolvimento secreto, o Google X, na Califórnia. O Google também está olhando para balões para levar o acesso à Internet a partes remotas do mundo. DHL começou a fazer entregas por drones para uma ilha remota na Alemanha.

A Amazon criou “Octocopters” para entregar encomendas aos seus clientes nos EUA.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply