Devo fazer Seguro para meu celular?

Respondendo de forma simples, Não! Sabemos que hoje em dia, principalmente no Brasil, a quantidade de assaltos é assustadora e nos vemos acuados e procurando alternativas para poder sair com mais tranquilidade com nossos dispositivos caros, então uma das opções para o caso de celulares é fazer um seguro, mas muitos se perguntam se “vale a pena fazer seguro de perda ou roubo para celular”.

Para adquirir sua carta de crédito (isso mesmo, você não ganha exatamente o mesmo celular, o que eles dão é um valor em real equivalente a apólice), você precisa fazer um contrato com a seguradora a qual muitas vezes renova automaticamente, essa é a primeira grande dor de cabeça.

Obviamente o valor aumenta dependendo do seu aparelho, de forma que muitas vezes as parcelas equivalentes somadas no intervalo de uns 2 anos as vezes até passam o valor do mesmo, então a principio, fazendo um calculo simples de que seu celular perde 50% do valor em 1 ano, imagine que você pagou um aparelho de 1 ano de vida em 1 ano de seguro.

Claro, existe sempre o fator “azar”, se você for assaltado nos primeiros meses que comprou seu produto, é lógico que vale a pena o seguro, mas aí chegamos ao segundo grande problema, a encheção de saco que é você conseguir a carta de crédito e quando você descobre que não foi nada daquilo que você pensava. Muitas seguradoras “maquiam” os contratos de forma que você acha que está adquirindo X, mas na verdade é Y-1.

A melhor forma de adquirir um seguro é se certificar que receberás o valor INTEGRAL do aparelho e que estarás protegido também contra acidentes diversos como quedas e água, desta forma aí sim vale a pena, mas um acordo assim não deve existir, pelo menos no Brasil. Então se você se acha muito sem sorte e mora em um local perigoso, faça seu seguro sem problemas, mas atente-se a observar o contrato em detalhes.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply